5 de jul de 2010

Passarinho .


Ela era toda melodia, e ele todo sorrisos. Tiveram uma filha, que era toda luz e vôo, e eram felizes assim, voando, cantando, sorrindo e iluminando. Nos domingos faziam ninho, todos juntos, saboreando o calor de seus corpos, aquele calor fraternal e aconchegante que só se encontra no colo da mamãe e no abraço do papai. Assistiam filmes, coloriam conversas, brigavam e faziam planos, a menor do clã era tagarela, mamãe canção a ensinou que as vezes precisamos de pausas na música e papai felicidade simplesmente sorriu para ela, e viveram a vida sempre assim, como se todos os dias fossem domingos-de-ficar-em-casa, como se só os sonhos de domingos se bastassem, e eram felizes.

8 comentários:

  1. Uma passarinha aprendendo a voar. ^^

    ResponderExcluir
  2. MuitoooooooooLindo o texto amiga...Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. As coisas simples nos fazem felizes, assim como os domingos-de-ficar-em-casa. :)
    Lindo texto!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !