26 de abr de 2009

Meu amor ele é demais, nunca de menos ;

Ele não percisa de uma camisa de uma camisa de Vênus. Ouça o que vou dizer, meu bem me ouça... O que ele precisa é de uma camisa de força. Você é a minha cura, se é que alguém tem cura Você quer que eu cometa uma loucura ? - Se você me quer, cometa. (:


' O signo de Câncer que está envolvido com um nativo de Leão, poderá ter a certeza que será beneficiado pela energia positiva do Leonino.
O Canceriano aprenderá com o Leonino a superar a sua timidez natural, pois o signo de Leão gosta muito de brilhar, de ser visto.
O Canceriano vai começar a ter uma grande atividade social, participações em eventos, festas e movimentações deste gênero.
O Leonino se relaciona usando sua auto-expressão, tem muita iniciativa, adora o lazer, o romance, a afeição, o prazer. Desta forma, não faltará olhares apaixonados para o Canceriano aparentemente indefeso.
Este reizinho também é muito gastão, afinal deve estar sempre bem vestido e perfumado. Talvez o Canceriano, que é mais econômico e controlado financeiramente, tenha que esconder o cartão de crédito algumas vezes.
Os filhos serão mais do que protegidos e paparicados pelos dois signos.
Apenas não deixe de demonstrar ao Leonino que é ele o rei da casa.
~

25 de abr de 2009

Ser midas do avesso.

Porque tudo que eu toco murcha paulatinamente . (:

Dédili.




Um senhor, sorridente, brincalhão, calmo tranquilo e sereno, por trás de um óculos quadrado e um bigode que lhe dar um ar rigoroso, que não dura muito depois de uma piada - particularmente sem graça.

Nereu Ramos é nome de presidente, mas o próprio gosta de dizer que: " em casa eu mando, mas ninguém obedece ", entretanto ele exerce uma influência sem precedentes em todos que o cercam, o meu pai é " o peso da batida do errado que deu certo ", ele ascendeu, ele é bom de VERDADE nisso de ascender, crescer...Ser bom.

E quando eu tenho medo o meu pai costuma ser muito racional, e hoje eu elegi duas, das muitas, coisas que ele já me disse a primeira foi em meio a um discurso derrotista no qual eu dizia qualquer coisa como : " É, pai, mas tudo que começa tem mesmo que ter um fim. " E ele me respondeu, sem pestanejar : " Quem criou essa frase certamente desistiu " .

Ele sabe o mal que faz fugir, ele conhece o presso da omissão, porque o que é desistir senão omitir-se de tentar ? Se existe uma barreira - diz ele - faça dela um motivo para aprender e seguir, não para recuar .

Quem recua tem mais que medo, está além da omissão, mora na falta de coragem .
Quem recua faz de si objeto de administração alheia, não sabendo então administrar-se, conter os medos e domesticar as frustrações, tornando tudo passivo de apredizagem e crescimento .

E agora eu entendo com clareza o " saiba gerenciar suas frustrações " que ele costumava me dizer .


A outra coisa que ele me disse foi :

" Nada pode me fazer mal. Ninguém pode me fazer mal a menos que coloque algo na minha comida, ou atice contra mim alguma coisa para me ferir. Somos todos senhores do que nos acontece de bom e ruim. "


O que me remeteu de alguma forma a oração de São Jorge.



Eu estou vestido e armado com as roupas e as armas de São Jorge, para que os meus inimigos tenham pés e não me alcancem, tenham mãos e não me toquem, tenham olhos e não me vejam, e nem mesmo em pensamento eles possam me fazer mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão. Facas e espadas, se quebrem sem o meu corpo tocar. Cordas e correntes, arrebentem sem o meu corpo amarrar. Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos. Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus de Jesus e da Falange do Divino Espírito Santo.


Para ler ouvindo : Ogum - Zeca Pagodinho .





Ogum, ele nunca balança, ele pega na lança, ele mata o dragão. Ogum é quem dá confiança para uma criança virar um leão.Ogum! É um mar de esperança que traz a abonança para o meu coração.


Você é meu Ogum, pai.

24 de abr de 2009

Só para SE a carapuça servir. (:

Quem muito quer, nada tem se não fizer nada para ter, se o querer for superficial, se o querer não lhe valer muito. Posso até não ter o que eu quero, mas não pela sua frase medíocre e feita, pronta.

Tende piedade Senhor, olha com cuidado e carinho Senhor. Ajuda a crescer pelo caminho do certo e da imensidão. (:

23 de abr de 2009

Deixa ser, como será ?


Eu vou sem me preocupar e crer pra ver o quanto eu posso adivinhar. (:





21 de abr de 2009

Há apenas uma verdade

A que esta é mutável e varia drasticamente de acordo com o dono, afinal todos somos donos de uma verdade característica a qual chamamos vulgarmente de opinião.

Alguém tentou me dizer que um gesto revela quem você é, mas isso é só uma parte de um todo de verdades. Porque é muito fácil olhar as coisas de um ângulo discriminatório, hipócrita e pré-reclinado .

Se você tende a acreditar em algo, tenha a mais absoluta certeza que dianta do primeiro qualquer gesto, sem vacilar, você se apegará de maneira doentia a aquela verdade que é uma fração da verdade, a aquelça verdade que por vezes incrimina, choca e fere o outro.

Mas o engraçado é que você tem um discurso muito ferino no que diz respeito a ferir o outro, o que te torna por tabela hipócrita. " Olha eu enfio a mãozona na sua ferida, agora vem tocar na minha - mesmo que sem querer - vem neguinho ", você se conhece sabe que é de natureza manipuladora e costuma espalhar o veneno de suas palavras numa voz forçosamente melodiosa, muito me admira que a mesma venha me chamar de manipuladora. Acho que no final das contas, todos que tem alguma retórica são, o que não lhe dá o direito de me crucificar, ao menos não pelo que eu não fiz.

Mas sabe o que você não sabe ? Que eu não gosto de brigar com quem eu nutro algum tipo de admiração, que se eu tenho alguma coragem - e eu creio ter - ela se esvai por completo na hora que o assunto é escangalhar os nervos de quem eu GOSTO, e que por isso eu sou adépta do " Tá, tá, tá ".

Você é cheia, entupida de defeitos, e entre eles estão o egoísmo e a infantilidade: é egoísta de não ver o meu lado da moeda, e infantil de manter-se num pedestal imbatível me mandando " recadinhos " até mesmo por depoimentos alheios, e pensa que eu não vejo ? Pensa que eu não sinto ? Ora, meu bem, quem parece gostar de brincar de muralha aqui é você, eu não sou disso.

E mais não sou, também, ao contrário do que você está supondo fingida ou manipuladora, eu sei que erro e estou começando a aprimorar o gratificante hábito de assumir meus erros e não errar mais, você devia aprender algo com as feridas que o teu ORGULHO te causam .

Hoje minha mãe me pediu para te ignorar, num ímpeto materno de acalmar a filha em prantos. Mas para mim é cruel demais ignorar a quem se gosta, mesmo a pessoa sendo uma vaca.


Espero que entenda.

E sabe qual é a única verdade ? É que não há verdade alguma. ;*

11 de abr de 2009

Indecido, quem decide sou eu .


Indecisão ? Não! Decisão sem repercursão, indecisão não existe, o que existe é falta de atuação, porque decididos, todos estamos a algo ou alguma coisa ( VTD, stalingrado ? ) .

Pois quem decide aqui sou eu, e até decidir a ação ou não-ação, a cinética ou a não-cinética já é uma grande decisão, e no fim das coisas indecidir significar estar na dúvida, e não são saber decidir, mas até a dúvida é uma decisão em muitos casos.

O problema não é ter problema, o problema é querer ter problema. (y)

O problemar não é indecisão, é falta de coragem para arcar com as consequências da decisão .


Na minha terra não tem indecisão, porque eu indecido tudo aqui!

3 de abr de 2009

Ego e ismo .

Ego-ísmo, centrismo, sentimentalismo, esfera, acomodação . Vaidade !

Esse é aquele momento em que tudo soa indolente .

Esse é aquele momento no qual você abre mão de tudo indiscriminadamente em função de si, isso chama-se egoísmo.

Mas para toda ação efetiva existe uma reação constante ( e inesperada ). E sobe ao palco a hostilidade, bem vestida com suas casuais luvas de pelica e usando um fino vestido de decepção . E eu duvido muito que do alto do seu pedestal solitário você consiga desviar os olhos, já marejados e aflitos, de uma dama tão serenamente cruel.

Para não lhe doer, meu caro egoísta, para que não lhe caia a máscara desumana, para que não descubram enfim que você na verdade não é tão ególatra assim...A solução é óbvia ! O não se importar distribuido pelas coisa pérfidas e nulas da vida. (:

Desconte a dor, no que não fará mesmo falta, não ligue para a inveja, por exemplo. E distribua na mesma intensidade afeição a quem gosta de você.

Porque você não precisa se abandonar - abandonar o ego - necessarioamente, mas precisa saber comedir suas atitudes, para não ferir quem de alguma forma lhe interessa com a sua doença, meu caro egoísta. :D

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !