30 de mai de 2009

A lógica do óbvio.

Cada vez mais se torna evidente que mudar o mundo depende da mudança da nossa postura.

26 de mai de 2009

Amores cruzados ? Hoje não.








Empolguismo. Tudo invenção do coração juvenil, fulgor, fulgor! O explendido fulgor que urra nas veias vulgarmente e nos leva a cometer equívocos, a ver as situações de um prisma vermelho, cálido e infelizmente, inverossímil.


Amores que surgem do dia para noite, amores que somem do dia pra noite, amores que não são amores, EMPOLGUISMO .


A cara da nova juventude, empolgar-se com a esmola da afeição alheia, a minha cara confesso, uma carência desnessária que vem acompanhada de uma série de súvidas, a cara da adolescência presumo, provar, provar o outro, provar-se, sentir prazer em sentir.


Adolescentes, como eu, são todos, todas e afins, de natureza edonista, interessados no prazer que a vida pode lhes propocionar, vermelho, roxo, azul .


Mas o prazer é uma faca de dois gumes, ele ludibria, ele traz no encalce consequências que são cicatrizes na alma, que mais tarde serão denominadas experiências. E toda experiência tem um resultado, nem sempre positivo .


É importante correr, mas é ainda mais importante saber quando parar, quando o prazer é ingrato, e quando o amor é apenas carinho ou carência. Não se deixa levar, não ser só instintos, não seder ao impulso, pensar e agir, nessa ordem .

Você não sabe ? Aquilo que falei foi pura empolgação! Espero desfazer essa situação. Amores cruzados? Hoje não. ( K-sis - Amores cruzados )

9 de mai de 2009

Menina de azul.


De azul, com carrinho na mão, bola no pé, manejo de pipa no olhar, no sorriso aquele brilho infantil, uma menina não tem que ser uma boneca, afinal . Criamos nossas filhas para quê? Para seguirem um padrão estético-moral-social que a sociedade impõe e que acatamos em silêncio . Qual é o problema afinal de uma menina driblar, fazer embaixadinhas e transformar a bola de futebol em um abrigo ? Porque implicamos tanto com aquelas garotas que taxamos vulgarmente de " oferecidas " ? Acontece que nós ainda pensamos atrasado, ainda vemos o mundo com os olhos dos nossos avós. Acontece que nós não nos valemos do cientificismo para analisarmos as situações, fazemos juízo de valor, mas baseado apenas no senso comum.

O problema mora aí, críticas embasadas em senso comum são críticas pré conceituadas, pré conceituosas, são críticas sem virtudes . E esse tipo de crítica não leva ninguém a lugar nenhum. E daí que Maria quer jogar bola ? E Daí que Ana quer ficar com quantos garotos ela quiser ? E daí que Teresa é Mecânica ? Porque por uma série de implicações morfológicas, que nem implicam tanto assim as mulheres devem ser tratadas como rainhas... do lar ? Sempre ? Porque o meu irmão pilota moto e eu piloto fogão ? Onde tem escrito que tem que ser assim ?

Leis de defesa do direito da mulher deveriam ser implantadas, não é só a violência doméstica que nos assola, é a violência moral, e não existem leis específicas para punir patrões que desempregam mulheres grávidas, ou recusam curriculos femininos por nos julgar mais fragilizadas. E sabe o que nós fazemos enquanto isso ? Tricotamos com a vizinha, falamos da novela, pilotamos resignadamente nossos fogões e vivemos para sermos a mãe exemplar dos nossos filhos.

E para não se nivelar? Tem que se mexer mulherada, tem que dar a volta por cima, tem que superar as expectativas, tem que ter voz ativa, tem que mostrar que dá para ser SIM algo além da marionete que lava, passa e cozinha. E não é se transformar em homem que vai mudar a situação, e sim romper com os paradigmas da sociedade em cima do salto quinze, ser um pouco Che, sabe? Endurecendo sem perder a ternura.

Não esqueça o rosa, mas ouse provar o sabor de estar de azul.

8 de mai de 2009

WHAT YOU WAITING FOR ?


Comumente é dito que " burra " é a pessoa que erra, numa triste analogia com um animal típico dos interiores, principalmente nordestinos, entretanto a chamada " burrice " não consiste no erro em si, e sim na insistência do mesmo. Porque existem vários jeitos de errar, como por exemplo quem mesmo tendo cultura, estudo e toda uma gama de conhecimento, erra e insiste no erro. Ou quem erra não por não saber discernir o certo do errado, por achar que o que é socialmente desprezível não é necessariamente errado, e que o erro está na sociedade, e não em si . E por fim, existe aquele que erra por ignorar a realidade, por omissão .

Ninguém passa uma vida inteira sem cometer esses erros, mas é importante errar para que se aprenda com o erro. Porque sosmos seres humanos, não somos perfeitos e vivemos em constante aprendizado, mas isso não justifica repetir erros, não justifica errar porquer quer e justifica menos ainda errar por se calar .

Não gostou ? Diga ! Não engula as coisas que lhe enfiam goela abaixo. É tão simples falar, juntar

um bocado de palavras numa frase e articulalas de maneira compreensível para o interlocutor. Quem se cala erra duas vezes, erra por se calar e por compactuar com o erro alheio. E não resolve dizer que não faz o certo para não ferir quem tá errado, pode soar radical, mas é de extrema importancia que se tua mão estiver lhe ferindo você a jogue fora, mas não sem antes cortá-la.

Por mais que você ame alguém, é importante não se omitir, afinal não se pode amar só ao outro, é necessário que preze pelo próprio bem estar. O amor não acaba, já a paciência... Quem disse que quem ama, ama mesmo os defeitos irreversíveis, estava bastante equivocado, quem ama tolera os defeitos, mas não tem que tolerar calado, e quando nem falar resolve mais cria-se uma lacuna no amor. As pessoas cansam .

E pelo que você está esperando? Por um agravamento da situação ? Não espere, FALE! Liberte-se das amarras de um silêncio incômodo. E seja feliz.

A única coisa pela qual vale a pena se calar, é para ouvir . Porque só quem sabe ouvir, só quem escuta, contesta . Quem se cala é por tabela surdo. Não adianta saber falar sem saber ouvir.
Take a chance you stupid ho ; What you waiting for ?

3 de mai de 2009

Gentileza, Sutileza e afins

Se acha malandro o bastante pra julgar, olha teu rabo antes de vim me esculachar. Desocupado invejoso é o que tu é, vê se me esquece e vai pegar uma mulher.
Foda-se você, foda-se o que eu faço ou o que deixo de fazer! FODA-SE. Melhor calar a boca se não tem o que dizer.





Very Important POR QUÊ? - Forfun (:

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !