2 de dez de 2009

Primeira impressão é quinem praga de mãe...

O mistério Da simbiose das bolas de chiclé.

Marketing Pessoal, ou você tem, ou você tá encrencado(a).
Nem preciso dizer que estamos num mundo capitalista onde absolutamente todo mundo quer vender uma ideia, ou um padrão de vida e que para isso é importante que você seja você mesmo e venda a sua própria ideia e não a duzôto, né?

Coisa um: Quem diz que "marketing pessoal é o mesmo que reputação" são aquelas velhotas moralistas que eventualmente atendem por 'vó, ou por carola de igreja.
Coisa dois: Se você é uma menininha com menos de 18 e não entrou na faculdade, nem tem namorado, ainda assim considere relevantes as dicas da sua avó, falou ?
Coisa três: Se você tem 1) personalidade 2) grana e 3) um monte de convite para qualquer lugar
(Carro e Grana - Leoni), você provavelmente está com seu marketing ok, vá dá um rolê por aí, cativar uns brotos com a sua caranga envenenada.

Pequena obs : A coisa um só vale Em cidades com mais de 500.000 habitantes . E fora da escola, pelamor de DEUS não se atraque com seus coleguinhas, não é lekaol, DIK.

O que você veste, com quem você anda, o que você lê - Inteligência é afrodisíaco, melhor que estar com a gata e pá... rolar aquela catuabazinha, tcherto? - , o que você ouve e a sua vibe são coisas que transmitem o que você é para quem te ver, quem flerta contigo e quem quer de qualquer forma se aproximar para nutrir qualquer tipo de relação.

O que você veste diz muito a respeito de você, inclusive economicamente right?, entonces não vista a roupa que a sua mãe escolheu, não vista roupas baseado(a) na moda, vista-se dentro do seu estilo, se você gosta de vintage não saia por aí com tons fluo só porque está na moda porque se você não se sentir a vontade com a roupa, provavelmente passará uma mensagem errada e nós sabemos que não é o que ninguém quer. Ou seja meu querido, se você é o filho mais novo do All Capone não comece a se vestir do dia para noite de Playsson, porque além de não se encaixar com o seu lifestyle a roupa vai fazer você parecer para quem já lhe conhece: um retardado total. Para quem vai lhe conhecer : sou capaz de apostar que você não vai gostar das pessoas que vai atrair com esse figurino . ( A não ser que você sofra de transtorno de personalidade ! )

Com quem você anda ? Eu sei que é feio e antiquado, mas diga-me com quem andas que eu te direi quem és. Amigos devem ser escolhidos a dedo sim, porque eles são possivelmente as pessoas mais importantes do processo de crescimento contínuo de um ser humano, e são as pessoas que , exceto pela sua família, sempre e incondicionalmente estarão contigo. Então não caia no conto do " amigo de buatchy ", " amigo de confidência ", " amigo de escola ", para ser amigo tem que ser bom o suficiente para estar contigo em, todos os lugares e poder, portanto ser uma ponte entre você e o mundo exterior. Então minha cara(o), se não quer comer lavagem, não ande com os porcos, se gosta de pérolas toca aqui e vamo-que-vamo.

O que você lê não é só importante, é fundamental, pessoas inteligentes são universalmente admiradas, você se sente reconfortado conversando com alguém que tenha papo, e não fale só de sapato/carro/maquiagem/mulher, porque é REALMENTE re-vol-tan-tê interagir com gente desprovida de cultura . Ou seja, melben, se você não gosta de ler aprenda a gostar, busque livros de linguagem menos sofisticada e leve, de leitura rápida, vá testando um deles vai apaixonar você e então se seguirá um casamento próspero. Nada melhor que um bom recurso lingüístico para cantar e encantar ( Vide Gabriel Pensador - Rap do Feio )
No quesito o que você ouve, o negócio é bem simples: O melhor jeito de começar uma conversa é falando de música, pessoas ecléticas são pessoas que tendem a ser bem e multi-relacionadas principalmente porque nunca falta assunto, cada um tem suas preferências musicais, CLARO, mas ouvir apenas um gênero musical é o tipo de coisa que só pessoas ligeiramente desprovidas de [s]cérebro[/s] cultura fazem, já que é muito mais fácil apreender a respeito de culturas em geral através da música.

Por fim a vibe é o seguinte: se você sempre estiver emburradë, de cara feia e reclamando jamais ninguém vai se aproximar de você, porque mesmo pessoas igualmente desagradáveis terão medo de você. Ou seja o melhor cartão de visita é um sorriso, tome um bom banho de sal grosso, com arruda e guade o seguinte mantra : ema ema ema cada um com seus póbrema.

Afinal, nada como uma boa primeira impressão para abrir portas, janelas e afins, né?




Um comentário:

  1. Concordo, e o q mais tem eh gente querendo mudar seu jeito pra agradar os outros. seja no modo de vestir, no estilo de musica e etc, etc e etc =)

    gostei de novo :*

    ResponderExcluir

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !