17 de dez de 2010

Só hoje,

Seu beijos, seus dedos, seu toque, seu sorriso, seu olhar, seu cheiro. Só hoje ! Seus abraços, seus braços, suas pernas, seu sono, seu mau humor, seu escárnio, seu jeito estúpido de estar sempre coerente, seus argumentos, só hoje. Só hoje poder te pegar no colo, só hoje te morder, só hoje brigar contigo e fazer as pazes antes de dormir e sorrir e sentir um aperto no peito quando te vir ir embora, e depois sentir o coração disparar quando você voltar. Só hoje ? Só pra ter seu rosto, corpo, pensamentos, gosto, jeito, cheiro. Só hoje, só amanhã, só depois, pra encher o quarto, a sala, a cozinha, o banheiro de dengo, e preguiça, e beijos de bom dia, boa tarde, boa noite, beijons bons, beijos mil, beijos seus. Só hoje.



Hoje só tua presença vai me deixar feliz...

7 comentários:

  1. Oii, adorei o post..... muito legal mesmo.... Bjs '

    ResponderExcluir
  2. Deixa eu falar ? Eu chorei. BG'S. Sinto sua falta ;s

    ResponderExcluir
  3. Nossa, amei esse. Tá lindo e romântico. Tá bem " casados" rs

    ResponderExcluir
  4. uau1 que belo exemplo de prosa-poética :D excelente o uso das anáforas e bons vestígios de aliteração. incrível como a melodia de alguns trechos deixam ainda mais evidentes o turbilhão de vontades contidas aí dentro:

    "[...]e fazer as pazes antes de DORMIR/ e SOEEIE/ e SENTIR um aperto no peito/ quando te VIR indo embora [...]"

    gostei, moça. gostei muito!

    ResponderExcluir

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !