18 de fev de 2009

A vida vale muito, a vida vale TUDO.


Morte ideológica é em suma morrer vivo. Morte ideológica só não é pior do que nunca ter tido nenhuma ideologia, só não é pior que nunca ter acredito, só não é pior que nunca ter conhecido a fé. Morrer da idéia, morrer da descrença é morrer moderno, é morrer quase luxuoso no atual agora! É morrer no supermercado, e culpar o governo por inflacionar os preços, é morrer no trânsito e chamar o motorista da frente de irresponsável, é morrer na igreja dizendo que ama Deus acima de todas as coisas. É morrer calando-se, é morrer sem questionar, é morrer se deixando morrer. Porque morno Jesus vomitou*, se é para viver, então que se viva do questionamento e da ação, até mesmo da negação, mas o que não dá mesmo é parar viver de conceitos formados e convenções, o que não dá mesmo é para aceitar o senso comum, o que não dá mesmo é aceitar que tudo do campo ideológico, cultural e moral que você traz consigo é só uma caretisse, e vender isso tudo por ibope na tv, ou mesmo por um tênis da marca 'x' novo.
Se você quer sobreviver, exercite seu senso crítico, saiba que o sensasionalismo, a distorção, a hipocrisia e o mercenarismo estão em todos os lugares, porque cada um quer vender o seu peixe .Se você quer sobreviver... Reclame sim do preço dos produtos, mas reclame também do que a mídia te empurra.Se você quer sobreviver, saia! Da cadeira, do mundo da lua, DO LUGAR COMUM, do " v=0 " e crie o seu próprio MUV *. Se você gosta de viver : Reclame, proclame, CLAME. Manifeste-se .





*¹ - Alusão a passagem bíblica onde Jesus fala aos apóstolos .

*² - Termo físico: Movimento uniformemente variável .
















Créditos: Caroline Pinheiro, pela inspiração . (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !