24 de abr de 2010

I WANT YOU.

Se você fizer uma radiografia da sua vida, verá com certeza - e quem sabe com um certo espanto - que eu apareço, do tornozelo ao pescoço.

Meu bem, meu bem, meu bem. Ouça o mal tom do alheio, quem irá nos proteger ?

Você vai me destruir! Me indignando, me enchendo de tédio, não me satisfaz!

Se me trocares nem por isso eu morro.

Me sinto só, me sinto tão seu.

Acabou chorare.

Medo de subir, gente, medo de cair, gente, medo de vertigem...Quem não tem ?

Com açúcar, com afeto.

Eu vou fazer uma canção pra ela.

Meu coração não se cansa de ter esperança de um dia ser tudo o que quer.

E eu não quero amor nada de menos, dispenso os jogos desses mais ou menos.

A letra "A" do seu nome, abre essa porta e entra, na mesma casa onde eu moro, na mesa que me alimenta.

Não se afobe não, que nada é pra já, o amor não tem pressa, ele pode esperar... No silêncio, num fundo de armário... amores serão sempre amáveis.

...


2 comentários:

  1. @-@
    Gostei da idéia, tantas coisas pra notar '-'

    UHASUDHASUHASUHd
    Enfim, gostei né *-*

    ResponderExcluir

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !