14 de abr de 2010

Balada do Não que virá.

Talvez novamente me encontre
Marginal em seus pensamentos
Pulsando em sua veias
reavivando seus tormentos

Talvez, por um breve instante
Sinta sua razão vacilar
E venha ao meu encontro

E quando o talvez virar não?
E outra vez, talvez, não queira.
O que farei com a emoção
Que a ti nutria a vida inteira?

Talvez, quando sua razão vacilar....
Eu não esteja mais lá.
E, talvez, outra vez, se desencontre
E encontre em outros braços um novo lar.

3 comentários:

  1. Lindo, lindo , lindo.
    Perfeito amr, parabéns. Sempre adoro ler essas coisas em seu blog, *-*

    ResponderExcluir
  2. Florbela Espanca queeem?? Não sei, só sei da Nan, e sei que ela broca demais. *.*

    Orgulho, muito orgulho.

    :*

    ResponderExcluir

Picolé de Chuchu ;

Fria e Indigesta !